PETS EM CONDOMÍNIO | Participe

Quando falamos de CONDOMÍNIO um dos temas mais recorrentes no rol de assuntos polêmicos é sem dúvida a convivência dos PETS EM CONDOMÍNIO.
De um lado, temos a turma dos amantes de cães e gatos, de outro, pessoas que não gostam desta convivência, e entre uns e outros, temos diversos graus de entendimento, sentimentos e respeito.
A Administradora CM Premium convive com este assunto diariamente, através do seu Setor de Relacionamento. Nossa equipe diariamente faz orientações, circulares, advertências e até multas, solicitadas pelos Síndicos para organizar esta convivência. Contudo, como sabemos que a prevenção é melhor que a correção, temos promovido muitos eventos abordando o tema.
Em agosto de 2018 convidamos a Médica Veterinária Elaine Tamura para palestrar e falar um pouco desta convivência. Acesse o vídeo e veja como foihttps://youtu.be/VAhEw-U9GPY
No dia 17/10/2019 às 19:30 estaremos abordando o tema PETS NO CONDOMÍNIO em uma mesa redonda mais que especial. O evento é promovido pelo SELO CM SOLIDÁRIO do Grupo CM Condominium e contará com os seguintes participantes:
Dra. Elaine Tamura
Médica veterinária UFPR, Especialista em clínica e cirurgia de pequenos animais com foco em Medicina preventiva e saúde total; sócia diretora da caodominio.com.
Dr. Luciano Souza

Advogado da CM Baiak Advogados Associados,  formado pelo Centro Universitário – UNIBRASIL – 2007 e Pós –Graduado pela Universidade POSITIVO – 2016 – Direito Contemporâneo com ênfase em Direito Público.

Angela Salvadori
Formada em Administração com Mestrado em Educação, Angela compõe a equipe executiva do Grupo CM Condominium na assessoria em Projetos & Inovação. Coordena a equipe de voluntários do Grupo CMSolidário no que compete às criação e divulgação dos Projetos Sociais em condomínios do Paraná e Santa Catarina.
Com esta equipe, as  informações têm muita credibilidade e o debate será muito produtivo!

🐶🐱📚 Participe: 

Participe, faça sua inscrição pelo link:
https://bit.ly/2lr8lBs

Ingresso: 1 kg de ração ou 1 produto de limpeza para a ONG Amigo Animal.

#4ciclodepalestras #grupocmcondominium #grupocmsolidario #condominio

 #gestaocondominial #convivência #petsemcondomínio 

Prevenção e combate a incêndios no condomínio

A prevenção e a capacitação para combate à incêndios em condomínio é algo essencial. Mas a quem cabe este papel?

Infelizmente, incêndios em condomínios são problemas mais comuns do que imaginamos e é dever do Síndico diminuir os riscos de uma tragédia como a que ocorreu recentemente em Curitiba, no dia 29 de Julho de 2019. A explosão e consequentemente o incêndio ocorreu devido ao uso inadequado de um equipamento de impermeabilização.

Tragédias como essa intensificam o alerta pelas políticas de prevenção e combate de incêndios no condomínio. Mesmo com tantos avisos, milhares de condomínios no país ainda não estão devidamente equipados ou informados para evitar esse tipo de acidente.

 Como anda a segurança contra incêndio no seu condomínio?

Existem  regras e regulamentos que um Síndico deve seguir com muita atenção e dedicação para garantir a segurança dos moradores. A comunidade também deve estar alerta e preparada, para em caso de emergências, estar preparada para soluções rápidas, sem pânico.

Pensando nisso, preparamos uma palestra para ajudar o síndico a prevenir incêndios no condomínio e gerar mais segurança para todos.

O que será abordado na palestra?
  • O que é o AVCB?
  • Como prevenir e combater incêndios?
  • Extintores
  • Sinalização de emergência
  • Hidrantes
  • Porta corta-fogo
  • Instalação de gás
  • Para-raio
  • Laudo elétrico
  • Brigada de Incêndio
  • Plano de emergência e pânico
  • Manutenção periódica
  • Instalação de alarmes de incêndio
  • Sprinklers e detectores de fumaça

Não perca a oportunidade e se mantenha atualizado, auxiliando o seu condomínio na prevenção e combate a incêndios em condomínio.

As vagas são limitadas e as inscrições poderão ser realizadas pelo link abaixo:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdrGBvP-cusj-jQvN75yzCgeiGuNdML0sHH24-NOD1h6j7hyQ/viewform?vc=0&c=0&w=1

 

O CONDOMÍNIO 4.0

O que é o Condomínio 4.0?  Vivemos a REVOLUÇÃO 4.0, uma era onde percebemos que a tecnologia assume um novo papel em toda a sociedade. Tudo começa com a Industria 4.0, onde a automação de processos de manufatura ganha um novo patamar. O termo nascido em 2012 na Alemanha foi se disseminando por todo mundo e em todas as áreas. Surgiram assim a Gestão 4.0, o RH 4.0, Economia 4.0, etc.  Esta nova era traz mudanças significativas no mercado de trabalho e na forma como vivemos nossa rotina. É muito importante acompanhar esta onda que traz muitos benefícios e não tem volta.

No mundo do Condomínio não é diferente. Uma área tradicionalmente resistente à grandes mudanças, mas que tem sentido fortemente a entrada de novas tecnologias, em especial no controle de acesso e segurança.

No dia 24/07/19 tivemos a palestra CONDOMÍNIO 4.0, O CONDOMÍNIO DO FUTURO com o brilhante André Baczinski. O evento trouxe um histórico da vida em condomínio e uma pincelada por todas as tecnologias que estão chegando aos condomínios.

Assista o vídeo e veja como foi:

Esteja atento aos nossos próximos encontros!

Quer entender mais sobre portaria remota e obter um projeto completo para o seu condomínio, entre em contato conosco: comercial@grupocmcondominium.com.br 

#ciclodepalestras #condomínios #GrupoCMCondominium #portariaremota

ASSEMBLEIA DE CONDOMÍNIO

Quem mora em condomínio deve saber que a maioria das decisões do Condomínio devem ser tomadas em Assembleia. Isto porque o momento da Assembleia é solene e, por ter um rito peculiar, garante a transparência e efetividade nas deliberações da comunidade condominial.

É na Assembleia Condominial que tudo acontece e é decidido. Segue alguns pontos do Código Civil que tratam deste assunto:

Art. 1.348. Compete ao síndico:

I – convocar a assembléia dos condôminos;

2O síndico pode transferir a outrem, total ou parcialmente, os poderes de representação ou as funções administrativas, mediante aprovação da assembléia, salvo disposição em contrário da convenção.

Art. 1.349. A assembléia, especialmente convocada para o fim estabelecido no § 2o do artigo antecedente, poderá, pelo voto da maioria absoluta de seus membros, destituir o síndico que praticar irregularidades, não prestar contas, ou não administrar convenientemente o condomínio.

Art. 1.350. Convocará o síndico, anualmente, reunião da assembléia dos condôminos, na forma prevista na convenção, a fim de aprovar o orçamento das despesas, as contribuições dos condôminos e a prestação de contas, e eventualmente eleger-lhe o substituto e alterar o regimento interno.

  • 1oSe o síndico não convocar a assembléia, um quarto dos condôminos poderá fazê-lo.
  • 2oSe a assembléia não se reunir, o juiz decidirá, a requerimento de qualquer condômino.

Art. 1.351. Depende da aprovação de dois terços dos votos dos condôminos a alteração da convenção e do regimento interno; a mudança da destinação do edifício, ou da unidade imobiliária, depende de aprovação pela unanimidade dos condôminos.

Art. 1.351. Depende da aprovação de 2/3 (dois terços) dos votos dos condôminos a alteração da convenção; a mudança da destinação do edifício, ou da unidade imobiliária, depende da aprovação pela unanimidade dos condôminos.          (Redação dada pela Lei nº 10.931, de 2004)

Art. 1.352. Salvo quando exigido quorum especial, as deliberações da assembléia serão tomadas, em primeira convocação, por maioria de votos dos condôminos presentes que representem pelo menos metade das frações ideais.

Parágrafo único. Os votos serão proporcionais às frações ideais no solo e nas outras partes comuns pertencentes a cada condômino, salvo disposição diversa da convenção de constituição do condomínio.

Art. 1.353. Em segunda convocação, a assembléia poderá deliberar por maioria dos votos dos presentes, salvo quando exigido quorum especial.

Art. 1.354. A assembléia não poderá deliberar se todos os condôminos não forem convocados para a reunião.

Art. 1.355. Assembléias extraordinárias poderão ser convocadas pelo síndico ou por um quarto dos condôminos.

Mas porque as pessoas não gostam de participar deste importante momento? Muito se deve ao fato de não entenderem a importância, as assembleias muitas vezes são mal organizadas e também porque alguns condôminos assumem uma liderança negativa, deixando o momento conturbado. O ideal é que a Assembleia seja clara, objetiva e que as ideias sejam ouvidas com respeito, assim, garante-se deliberações assertivas, sem brigas ou pressões.

Como há muitos detalhes que envolvem o momento da Assembleia e estes precisam ser entendidos, no dia 17/07/19 aconteceu a Palestra ASSEMBLEIA CONDOMINIAL, com o advogado Luciano Souza,  da CM Baiak Advogados Associados, a convite da Administradora CM Premium.

Na palestra, foram abordados todos os aspectos importantes que envolvem uma assembleia, desde a pauta, edital de convocação, até todos os pontos obrigatórios e importantes a considerar para que o ato seja corretamente conduzido, protegendo o Condomínio de qualquer problema.

Assista o vídeo e veja como foi. Fique atento à nossa agenda e participe de nossos encontros. Contribua para o bom debate de ideias na Comunidade Condominial.

Inscreva-se em nosso Canal do YouTube 😉

Participe de nossos eventos, são gratuitos e voltados à toda comunidade condominial

#TimeCMPremium #GrupoCMCondominium 

CONDOMÍNIO 4.0 | O Condomínio do Futuro

Você já ouviu falar no Condomínio 4.0, o Condomínio do Futuro? O que significa este 4.0?

quarta revolução industrial, ou Indústria 4.0, é um conceito desenvolvido pelo alemão Klaus Schwab, diretor e fundador do Fórum Econômico Mundial. Hoje, é uma realidade disseminada em várias áreas como marketing, gestão e até a condominial. Segundo ele, a industrialização atingiu uma quarta fase, que novamente “transformará fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos”. É, portanto, uma mudança de paradigma, não apenas mais uma etapa do desenvolvimento tecnológico. Neste contexto, o Condomínio, como micro-sociedade, reflete todas as tendências do mundo globalizado, incorporando este “4,0” que representa muitos conceitos desta revolução tecnológica.

O condomínio 4.0 — como são chamados os empreendimentos que já estão se adaptando ao futuro —  adota novas tecnologias que proporcionam maior segurança e eficiência no controle de acesso de moradores, funcionários, visitantes e prestadores de serviços.

Alguns condomínios já são projetados para esta nova realidade, outros, mais antigos, precisam repensar suas estruturas e modelo de segurança.

O #GrupoCMCondominium, antenado a estas necessidades, traz para Curitiba um evento imperdível com o palestrante André Baczinski, da Kiper Portaria Remota, de Florianópolis/SC.

A palestra tem intuito de alertar a comunidade condominial sobre a velocidade em que as tecnologias evoluem e fazem parte das nossas vidas, bem como isto se reflete na vida do condomínio.

A vida 4.0 já é uma realidade! Para aproveitar o que a tecnologia pode trazer de melhor, na comodidade, segurança e economia, é importante entender o que o mercado oferece, para diferenciar bons produtos e serviços, daquilo que é apenas modismo.

Para participar do evento que será realizado na próxima quarta, dia 24/07/19, é preciso se inscrever. As vagas são limitadíssimas e o evento é gratuito. Inscreva-se: adm@cmpremium.com.br.

IV Ciclo de Palestras – Mesa Redonda Auditoria em condomínio

     No dia 26 de junho aconteceu uma Mesa Redonda intitulada: Auditoria em Condomínio, que foi presidida pelo Sr. Marcos Aurelico Padilha – Auditor e Administrador e Dr. Luciano Souza – Advogado da CMBaiak Advogados Associados, tendo ainda como Mediador o Sr. Vilmar Vieira – Gerente de Relacionamento do Grupo CMCondominium.
     Nesta noite, os presentes puderam ter informações, debater e tirar dúvidas sobre como e quando contratar uma Auditoria Condominial esclarecedora, e também aprender sobre a responsabilidade do síndico nesse processo.
     Tal mesa redonda fez parte do IV Ciclo de Palestras promovida pelo Grupo CMCondominium que tem por objetivo trazer conteúdos pertinentes às temáticas condominiais e vem atingindo seu objetivo mostrado pela avaliações realizadas ao final dos eventos bem como a crescente participação de condôminos, síndicos e conselheiros.

     Lembramos que as palestras são gratuitas e para participar basta acompanhar a programação no site e nas redes sociais e realizar sua inscrição. Acompanhe algumas fotos.

Acesse nossas redes sociais:

   

e acesse nosso site www.grupocmcondominium.com.br

Evento CMDay

No dia 15 de junho aconteceu mais uma edição do CMDay.

Desta vez nossa equipe esteve presente no condomínio Villagio Bergamo em Curitiba.

Foi um dia divertido e animado que teve como objetivo integrar os condôminos, síndico e conselho num momento de lazer e descontração.

Os condôminos puderam tirar dúvidas sobre o dia a dia do condomínio, uso do APP CMPremium, atualizar seus cadastros, bem como conhecer nossos selos CMVerde, CmSolidário e CMDigital, e participar de nossas campanhas sociais, com doações de agasalhos para a APACN.

Neste dia as crianças foram as mais curtiram e aproveitaram, teve cama elástica, desenhos para colorir e até um futebolzinho com nossa equipe que, mais uma vez, nos orgulhou!

Confiram as fotos deste dia!

Acesse nossas redes sociais:

   

e acesse nosso site www.grupocmcondominium.com.br

Auditoria em Condomínio

No Código Civil brasileiro, a figura do Conselho é abordada no artigo Art. 1.356:

Poderá haver no condomínio um conselho fiscal, composto de três membros, eleitos pela assembléia, por prazo não superior a dois anos, ao qual compete dar parecer sobre as contas do síndico.

Desta forma, cria-se um tripé na Gestão: Síndico – Conselho – Administradora

O Conselho Fiscal é formado por um grupo de condôminos que voluntariamente assume o papel de fiscalização da Gestão do Síndico, analisando mensalmente o livro de prestação de contas, com todos os documentos, notas fiscais, extratos, comprovantes de pagamento, etc.

Na Assembleia Geral Ordinária, que ocorre anualmente, o Conselho vai emitir seu parecer, a fim de que os presentes votem pela aprovação ou não das contas.

O problema começa quando se leva em consideração alguns pontos:

  1. Falta de tempo dos conselheiros para acompanhar a gestão.
  2. Falta de conhecimento mínimo em relação aos itens técnicos, exemplo quando o conselheiro não entende conceitos básicos como o que é uma SEFIP, Darf, RPA, Dirf, etc.
  3. Interesses pessoais e políticos que fazem com que o conselheiro ocupe-se mais em fazer oposição ou defender um interesse particular (como por exemplo levar o Síndico a aprovar um gasto, obra ou contratação de prestador de serviços), induzindo os condôminos à percepção equivocada.
  4. Postura inadequada de Síndicos avessos à transparência e tecnologia, dificultando o acompanhamento mensal das contas.

Estes, entre outros motivos, levam o Condomínio a encontrar dificuldades no acompanhamento adequado das contas da Gestão. Para avançar nestes impasses, surge um serviço especializado que pode ajudar e muito o condomínio: a AUDITORIA CONDOMINIAL.

Contudo, para que o serviço seja bem contratado e entendido, deve-se alinhar as expectativas ao que as empresas oferecem.

Em geral os serviços se dividem em dois tipos:

  • auditoria preventiva – onde o livro/pasta mensal é enviado diretamente ao auditor para analise, antes do envio ao Conselho.
  • auditoria de meses passados – investigativa, checando de forma rigorosa os documentos com enfoque financeiro/contábil/jurídico.

Importante salientar que a auditoria leva a uma analise profissional, dando transparência e entendimento às contas, contudo não vai dar conta do formato de gestão do Síndico. Se o Síndico é comunicativo ou não, se prioriza um outro aspecto da gestão, se conduziu deliberação adequadamente em assembleia, todos estes aspectos de gestão não são foco de processo de auditoria.

A auditoria vai gerar um relatório/laudo que deverá embasar as deliberações dos condôminos.

Outro aspecto a reforçar é que a Auditoria não deve ser utilizada como ameaça ou caracteriza desconfiança, visto que o ideal é trabalhar preventivamente visando sempre a transparência.

O tema é amplo e polêmico e merece debates, por isso o Grupo CM Condominium promove a mesa redonda “Auditoria em Condomínio”, com o intuito de que todos os envolvidos com a gestão condominial (Síndicos, Conselheiros, condôminos e prestadores de serviços) possam trocar experiências, refletir sobre conceitos e debater.

Venha participar! Inscreva-se! Vagas limitadas, evento gratuito

adm@cmpremium.com.br

Convite Auditoria em Condomínio

Acesse nossas redes sociais:

   

e acesse nosso site www.grupocmcondominium.com.br

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM CONDOMÍNIO

Você sabe o que é Eficiência Energética?

Segundo a EPE,  Empresa de Pesquisa Energética, do Ministério de Minas e Energias:

Eficiência significa fazer mais (ou, pelo menos, a mesma coisa) com menos, mantendo o conforto e a qualidade. Quando se discute energiaeficiência energética significa gerar a mesma quantidade de energia com menos recursos naturais ou obter o mesmo serviço (“realizar trabalho”) com menos energia.

Cada um de nós pode contribuir para um uso mais eficiente da energia, buscando equipamentos mais eficientes, ou seja, aqueles que usam menos recursos para proporcionar a mesma quantidade de energia útil. (http://epe.gov.br/pt/abcdenergia/eficiencia-energetica)

As ações para busca de eficiência energética devem ser dimensionadas de forma ampla, através de políticas públicas, mas também nas ações pessoais. Entre uma e outra dimensão temos o Condomínio, uma propriedade particular, que é dividida entre seus moradores e proprietários.

O problema começa quando analisamos no Condomínio quem é o responsável pela gestão financeira e estrutural. O Síndico em geral é um gestor, um líder, que não possui conhecimentos técnicos na área energética, e que pode ser induzido a erros na compra e contratação de serviços que prometem economia e sustentabilidade.

Não basta comprar lampadas de led ou instalar placas para produção de energia solar. O assunto é mais complexo e requer muito cuidado.

Quer entender melhor este assunto para aplicar no seu condomínio? 

Participe de nosso próximo evento em 17 de abril de 2019. Síndicos, conselheiros, condôminos e funcionários estão convidados para a Palestra Eficiência Energética.

Acesse em nosso blog a entrevista com nosso palestrante, Marcel B. Penteado –> https://cmpremium.com.br/iv-ciclo-de-palestras-eficiencia-energetica/ 

 

IV Ciclo de Palestras – Eficiência Energética: Entrevista

A partir de abril terá início o IV Ciclo de Palestras do Grupo CM Condominium.

Como já é costume, a  ADMINISTRADORA CM PREMIUM, buscando promover a troca de informações e experiências para a comunidade condominial, preparou para os síndicos, conselheiros, condôminos e comunidade uma agenda de palestras e eventos com assuntos de interesse a todos.

Para você que faz parte da gestão do condomínio ou morador, participe dos nossos encontros. Em breve, divulgaremos maiores informações sobre agenda do IV Ciclo.

Hoje, apresentamos entrevista com Marcel Beghetto Penteado, nosso primeiro palestrante.

Quem é o Marcel?

Meu nome é Marcel, natural de Curitiba, sou formado em Economia e há 7 anos, após
fazer um curso técnico de Elétrica Predial, abri minha microempresa de serviços elétricos,
da qual sou o prospector de negócios e o executor.
Durante 25 anos trabalhei em empresas como Banco Itaú e Banco Volvo. Neste período,
desenvolvi e viabilizei contratos comerciais, financiamentos, bens de capitais e consumo
com empresas de grande porte e diferentes segmentos. Obtive excelentes resultados
através do meu comprometimento e versatilidade.
No ramo de energia, uso os conhecimentos adquiridos para oferecer serviços e produtos
diferenciados para meus clientes, como condomínios, residências e escritórios (projetos
de iluminação e eficiência energética).

1. O que é o conceito de Eficiência Energética?

O conceito é simples: executar rotinas com menor consumo de energia elétrica. Exemplo: ter o mesmo fluxo luminoso de uma lâmpada incandescente com 60 watts substituindo por uma lâmpada de led de 7 watts. Os benefícios são diretos ou indiretos. No exemplo da lâmpada dentro de sua residência ou condomínio pode ser tratado como direto (embora beneficie toda a sociedade indiretamente). Mas a prática da eficiência energética é constante. É um ciclo virtuoso que se propaga em benefício de todos. E tem que ser pensado em escala também. Exemplo que aparentemente nada teria a ver com consumo de energia: a redução de resíduos domésticos (lixo). Se cada indivíduo deixar de gerar um quilo de lixo por ano, em Curitiba isto representaria 1.800 toneladas de lixo por ano. Isto reduziria a movimentação de 180 caminhões de lixo ao ano. Isto reduziria em 9.000 litros de diesel. É pouco. Mas são as somas das pequenas coisas que fazem a diferença. Ou para o bem ou para o mal. A escolha é nossa, mas o resultado também é nosso.

2. Quais os equívocos mais frequentes na questão elétrica nos Condomínios em que você atende?

A falta de prioridade, manutenção e investimento de gerenciamento. As melhores oportunidades são as pequenas coisas e de baixo investimento.  Uma simples verificação dos bornes nos disjuntores é uma realidade constante. Naturalmente os bornes (parafusos dos disjuntores), se soltam pela fibração da rede elétrica. Isto acarreta mal contato, eleva consumo e danifica equipamentos. Outro fato muito comum nos condomínios é o grande volume de troca de lâmpadas por ano. Hoje uma lâmpada de LED tem garantia de dois anos no mínimo. Por falta de um análise custo benefício e gerenciamento, esta oportunidade é desperdiçada. E se tratando em investimentos, os condomínios deixam de investir em fontes de energia alternativas (solar, eólica e gás natural). São investimento mais robustos, mas pensando em economia compartilhada entre condôminos acabam se tornando viáveis. Mas preteridas.

3. Como podemos adequar as redes e instalações atuais dos Condomínios para um formato mais eficiente, econômico e alinhado com a ideia de sustentabilidade? 

Contratar um bom profissional para fazer uma análise. Porque na maioria das vezes são pequenos ajustes e manutenção preventiva. Ainda existe análise de consumo através de equipamentos de medição para ser mais assertivo se existem anomalias e quais (rede elétrica, circuitos, motores, etc). Em algumas situações, os condomínios ainda estão na garantia da construtora. E caso haja necessidade de alterações, é de responsabilidade da construtora. 

4. Os investimentos para um condomínio sustentável são realmente altos? Como repensar isto?

Duas coisas são importantes: fazer conta (retorno investimento) e procedência fornecedor. Trabalho a 7 anos com lâmpadas de LED. Surgiram vários fornecedores. E nem tudo que está disponível atende o que promete. Mas de forma geral, os condomínios tendem a comprar o mais barato e não o melhor custo benefício. Lâmpadas que deveriam durar no mínimo dois anos, são substituídas em menos de um ano. Assim está ocorrendo com os sistemas de energia solar: tem coisa muito boa e tem coisa duvidosa. Como ainda é um investimento para mais de 15 anos, e o retorno do investimento deve ocorrer em até 5 anos, é preciso saber quem é o fornecedor principal. Por exemplo um paralelo com geladeira: compra-se a geladeira numa loja de eletrodo-domésticos. Mas a responsabilidade é do fabricante. Equipamentos de energias alternativas como solar, eólica ou gás natural, é preciso saber quem é o fabricante. Mas investimentos de sistemas alternativos são viáveis. E existem formatos híbridos que podem reduzir investimentos iniciais e reduzir tempo de retorno. Não existe apenas modelos prontos, podem ser customizados de acordo perfil consumo.

Agradecemos ao Marcel pelos esclarecimentos e aproveitamos reiterar à comunidade o convite para que venham acessar conhecimentos e trocar idéias sobre eficiência energética em Condomínios!

Acesse nossas redes sociais:

   

e acesse nosso site www.grupocmcondominium.com.br